Portal do Aluno:
Lembrar Senha
Buscar Cursos:



11/03/2015
Psicopedagogo: Quem, quando e por que procurar?

 

 

Psicopedagogo: Quem, quando e por que procurar?

 

 

É comum nas pessoas que me procuram ter dúvidas sobre o trabalho do psicopedagogo. Assim, na primeira sessão, entre outros itens, destino um tempo para esse esclarecimento. No entanto, percebo que de uma maneira geral, o atendimento psicopedagógico está associado ao contexto escolar, e a resolver ou diagnosticar transtornos, distúrbios, dificuldades…


Sinto-me obrigada a deixar claro que não trabalho com distúrbios, transtornos, dificuldades… Trabalho com pessoas no intuito de ampliar seu potencial de aprendizagem. Sendo assim, crianças são beneficiadas com o atendimento psicopedagógico, mas qualquer indivíduo pode em algum momento da vida sentir que algo não está bem, inclusive no âmbito profissional, e que precisa de ajuda, orientação.


Mais especificamente, o atendimento que proponho é direcionado para auxiliar o indivíduo (criança, jovem, adulto) a entender a maneira que aprende; identificar estratégias equivocadas – ou não – que utiliza; indicar quesitos que necessitam ser melhorados para ampliar seu desempenho para aprender; e assim, auxiliar o indivíduo a exercer com mais eficiência seus estudos, seu trabalho, enfim, sua vida de maneira autônoma.


Impreterivelmente está incluso valorizar o potencial que cada indivíduo possui.

 

Veja também o curso Mediando a Alfabetização, de autoria dessa professora ministrado pela Unicead.



Imprimir


Voltar para Artigos